Adília por Maria José e Maria José por Adília: a capa de Dias e Dias 1 de xul. de 2021

Visto 10 veces

Adília por Maria José e Maria José por Adília: a capa de Dias e Dias

Conferência

O presente trabalho pretende demonstrar como a capa da última obra de Adília Lopes, Dias e Dias, escrita durante o primeiro confinamento provocado pela pandemia da Covid-19 e editada em 2020, representa um ponto de charneira na relação entre Adília Lopes, pseudónimo, e Maria José da Silva Viana Fidalgo de Oliveira, pessoa civil. A capa de Dias e Dias consiste numa fotografia cuja legenda é “Adília Lopes e a sua mãe, 29 de Setembro de 1961”, e vem na sequência de uma série de registos fotográficos que apareceram pela primeira vez em Manhã (2015), e que desde então surgem em todas as obras da autora para a Assírio & Alvim, a saber, Bandolim (2016) e Estar em Casa (2018). Este movimento fotográfico de Adília Lopes é em muito semelhante ao de Roland Barthes em Roland Barthes por Roland Barthes.

Fonte: https://adilialopes.webs.uvigo.gal

Presenta: Jerónimo Pizarro
Universidad de los Andes
Maria Madalena Quintela
Universidade de Lisboa

Vídeos da mesma serie
Abertura do Colóquio
30 de xuño de 2021
Questões. Mesa 1
30 de xuño de 2021
Adília vai à escola
Conferência
30 de xuño de 2021
Adília Lopes e o intratável
Conferência
30 de xuño de 2021
Questões. Mesa 3
30 de xuño de 2021
Questões. Mesa 4
30 de xuño de 2021
Sobre a pluralidade de S/Z
Conferência
1 de xul. de 2021
Questões. Mesa 5
1 de xul. de 2021
Nem a Adília Lopes é a Adília Lopes
Conferência
1 de xul. de 2021
Questões. Mesa 6
23 de ago. de 2021
Questões. Mesa 7
1 de xul. de 2021
Questões. Mesa 8
1 de xul. de 2021
Fazer pausas
Conferência
2 de xul. de 2021
Questões. Mesa 9
2 de xul. de 2021
Questões. Mesa 10
2 de xul. de 2021